GENEALOGIA - JOSÉ LUIZ NOGUEIRA 
Criar um Site Grátis Fantástico
HISTÓRIAS DO COMÉRCIO DE ITAPETININGA
HISTÓRIAS DO COMÉRCIO DE ITAPETININGA

Quem são os negociantes

 

“Amizade é amizade. Negócios, à parte”.

Ditado Popular                               

 

Desde os Mapas dos habitantes que existem na Paróquia e no seu Distrito, suas ocupações, empregos e gêneros que cultivam ou negociam, existentes no século XVIII, até as Listas de Qualificação e Eleitores, que perdurou até o final do século XIX, na definição de profissões, não aparece uma única vez a palavra comerciante. O termo utilizado para os que exerciam atividades ligadas ao comercio era Negociante. Essa prática também é comum nos Livros de Lançamentos de Impostos e nas Atas de Apuração das Eleições. Até mesmo nas relações de membros de Confrarias, como a centenária Irmandade do Santíssimo.

 

Segundo historiadores, pela prática habitual, incessante e contínua, sem descanso ou interrupção dos atos do comércio, aplicar-se-ia melhor a denominação negociantes, derivada de negócio – do latim nec mais otium - que quer dizer “sem ócio, sem parada”.

 

Depoimentos orais também dão conta da característica de um negociante: aquele que pratica atos de comercio independente de estar ou não estabelecido. Os primeiros moradores de Itapetininga são um exemplo. Negociavam seus excedentes de produção agrícola, sejam com tropeiros ou viajantes, sejam com outros negociantes de Sorocaba. Já os poucos que residiam na Freguesia também passaram a negociar sua arte e ofício com os viajantes, como fez o ferreiro Joaquim Domingues.

 

Com um rico filão para um Arraial esquecido, alguns resolveram fazer da atividade uma profissão e buscavam em centros maiores outros produtos necessários para esses novos bandeirantes, como a banha, o óleo para a lamparina, o fumo e o açúcar mascavo, até se estabelecerem, como aconteceu com o Sargento Mor Reformado José Francisco de Aguiar e Inocêncio Lopes Machado.

Para fazer este trabalho contando a história do comércio de Itapetininga, eu, José Luiz Nogueira e o Grilo, José Luiz Ayres Holtz, historiadores, membros fundadores do IHGGI-Instituto Histórico, Geográfico e Genealógico de Itapetininga mantivemos contato com comerciantes e familiares de comerciantes para ouvir deles as histórias e aqui pretendemos publicar o resultado dessas 32 entrevistas feitas.

Vamos fazer uma pequena lista e aqui você pode acessar direto o texto da empresa bastando para isso que você clique em cima do nome dela.

Uma ótima navegação à todos!

Fábrica de algodão de Silvestre Leitão - 1922

 

PRIMEIROS COMERCIANTES DIVERSIFICADOS

ITAPETININGA NASCEU DO COMÉRCIO TROPEIRO

COMÉRCIO DOS PRIMEIROS TEMPOS

TROPEIROS - FAMÍLIA PIEDADE

EMPÓRIO CAMPOS SALES

OS GRANDES COMERCIANTES E A RUA DAS TROPAS

PRINCIPAIS COMERCIANTES DA RUA DAS TROPAS E ADJACÊNCIAS

CASA ZEBÚ E SEU CAVALO DE PAU

UM NOVO TEMPO COM A PRESENÇA DO COMERCIANTE

AINDA HÁ TEMPO PARA OS ARMAZÉNS DE SÊCOS E MOLHADOS

Relojoaria Confiança

Confeitaria Vadozinho

ARMAZÉM DO PEDRINHO ROSA

EM FAMÍLIA DE POLÍTICOS UM TEM ARMAZÉM

UMA MULHER DE CORAGEM

Chaquib Ozi

O ARMAZÉM DO PREFEITO

OS MASCATES E OS IMIGRANTES

TUTTI BUONA GENTE - Casa Betam - Tambelli

ELES NEGOCIAM, BARGANHAM

Salomão Abib - O homem que curava cachumba

Taufik Abib - o filho que ficou

O COMERCIANTE QUE DAVA AULAS E NEGOCIAVA LOJAS - José Abib (Querido)

NEM TECIDOS, NEM CONFECÇÕES - Martex

ELES VIERAM DE DAMASCO PARA FICAR - Moucachen

KARNIG BAZARIAN Casa Armênia de Karnig Bazarian

O COMÉRCIO ESPECIALIZADO

AOS 90 ANOS ELE AINDA NÃO PAROU - Oswaldo Piedade

RELÓGIOS E JÓIAS É COM JOSÉ GIORDANO

A FÁBRICA DE LINGUIÇAS DO "ALEMÃO" - Carlos Feichtenberger

ALASKA: A FÁBRICA DE SORVETES

CHARUTOS E CIGARROS SÓ NA TABACARIA BITTAR

JOÃO BARTH E A PRIMEIRA FARMÁCIA DE ITAPETININGA

OS COMERCIANTES SE ORGANIZAM

ASSOCIAÇÃO COMERCIAL DE ITAPETININGA

SINDICATO DO COMÉRCIO VAREJISTA

IRMÃOS ALMEIDA - CONCESSIONÁRIA CHEVROLET

A RETOMADA DA MODERNIDADE

RAINHA DO SUL

COSTÁBILE MATARAZZO

OS HOMENS DA PRIMEIRA TELEVISÃOÁlvaro Branco & Irmão (Zenon)

CAMISARIA AMBRÓSIO

ARNALDO VICTÓRIO BARRETTI - Do leite ao automóvel

ELLE ET LUI - José Roberto de Mello Leonel

MERCADO MUNICIPAL DE ITAPETININGA

ALBERTO ISAAC

ZECABORBA SOARES HUNGRIA - o primeiro supermercado

FONTES DE PESQUISAS E BIBLIOGRAFIA CONSULTADA

 

Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Google-Translate-Portuguese to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese




ONLINE
4




Partilhe esta Página



PARTICIPE

AJUDE-NOS A MANTER ATUALIZADA AS INFORMAÇÕES DESTE SITE

 

ESCREVA-NOS

 

CONTO COM SUA AJUDA

 

JOSÉ LUIZ NOGUEIRA

 

 

 

 




Total de visitas: 911690